• A voz do inconsciente é sutil, mas ela não descansa até ser ouvida

    Sigmund Freud
  • Acordar para quem você é, requer desapego de quem você imagina ser

    Allan Whatts
  • O pensamento é ensaio da ação

    Sigmund Freud
  • A inteligência é o único meio que possuímos para dominar os nossos estintos

    Sigmund Freud
  • A angustia não se resolve, se dissolve nas palavras.

    Jacques Lacan
  • Pensar é o trabalho mais difícil que existe. Talvez por isso tão poucos se dediquem a ele.

    Henry Ford
  • A maneira de ajudar os outros é provar-lhes que eles são capazes de pensar.

    Dom Hélder Câmara
  • Todo amor é recíproco, mesmo quando não é correspondido.

    Jacques Lacan
  • Penso onde não sou, portanto, sou onde não penso.

    Jacques Lacan
  • Se as coisas vão mal fora de você, é porque tem á alguma coisa errada dentro de você mesmo.

    Henry Ford
  • Nós poderíamos ser muito melhores se não quiséssemos ser tão bons.

    Sigmund Freud
  • Amar é dar o que não se tem a alguém que não o quer.

    Jacques Lacan

Sala de Leitura > A lição do Axolote

Assisti a um programa algumas semanas atrás, sobre um anfíbio chamado axolote, um bichinho muito estranho e aos meus olhos, muito bonitinho que me trouxe uma série de reflexões que quero compartilhar com quem porventura correr o risco de ler este texto.

No programa, o apresentador, contava a história do axolote. Com no máximo 35cm de comprimento e com uma incrível capacidade de regeneração, esse anfíbio está sendo muito estudado por cientistas que buscam soluções para pessoas que tiveram membros amputados.

Quando um axolote perde um de seus membros, com o tempo ele se recupera a ponto de nascer outro membro no lugar, igualmente perfeito.

Uma das coisas que me emocionou foi saber de uma outra capacidade desse bichinho: Se o lago ou rio onde ele vive por algum motivo começar a secar, esse animal consegue sair da água, perde sua cauda e caminha pela terra pelo tempo que for preciso até que encontre um novo lago(um novo lar).

Trouxe essa história para a clínica e pensei de que forma podemos nos recuperar após um sofrimento muito grande. A perda de um ente querido, de um relacionamento ou uma família desfeita ou qualquer outra batalha que não foi vencida.

Acredito que podemos aprender com essa lição e descobrir em nós a capacidade de regeneração do axolote.

Com o tempo vamos percebendo que podemos levantar após uma queda e como o axolote sentiremos a dor da parte que foi perdida, de sentimentos e pessoas que nos foram tiradas, mas voltaremos a cultivar um novo amor um novo sentimento uma nova vida a medida que sairmos do conforto da solidão de nosso quarto em busca de um novo lugar, ou seja, de um novo lar.

A noticia triste é que o axolote está em extinção, a boa é que os seres humanos não, e que se um dia o axolote desaparecer apesar dos esforços, continuaremos com a lembrança e com a lição que ele nos deixou.

Ana Sardinha

Voltar

Fale Comigo